Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Presidente quer o Governo até ao fim da Legislatura. E sem crises políticas

OCTÁVIO PASSOS / Lusa

No dia em que passam dois anos do Governo de coligação parlamentar, o Presidente da República recordou no Porto que há metas definidas que têm de ser cumpridas

"É bom que o Governo tenha presente uma série de metas que foram definidas no seu início e que são importantes em matéria de política externa, de política de defesa, em matéria económica e financeira", afirmou este sábado o Presidente da República, no Porto, a propósito da passagem de dois anos de governação socialista, suportada pelo apoio parlamentar do Bloco de Esquerda e do Partido Comunista Português. O Presidente disse esperar que "o Governo dure uma Legislatura" e que "não haja crises políticas" neste período.

Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou ainda que "é bom que haja um Governo forte e uma oposição forte para poder ser alternativa, sendo essa a vontade dos portugueses". As declarações foram feitas aos jornalistas após uma visita à exposição "Germano Silva - O Porto no Coração", inaugurada este sábado na Fundação Manuel António da Mota.

"Este ano revelou um outro desígnio nacional, que é olhar para aquele Portugal que por vezes é esquecido e evitar que voltem a ocorrer as tragédias que ocorreram este ano. Já são muitos desígnios para um só Governo", acrescentou também o Presidente, chamando a ele mesmo o papel de "acompanhar o grau de realização ou de preenchimento com sucesso destes objetivos".