Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Santana acusa Rio de fugir a debates

Tiago Miranda

Candidato à liderança do PSD desafia adversário a cumprir "regra básica" das disputas eleitorais

Filipe Santos Costa

Filipe Santos Costa

Texto

Jornalista da secção Política

Tiago Miranda

Tiago Miranda

Foto

Fotojornalista

Pedro Santana Lopes acusou esta sexta-feira Rui Rio de estar fugir aos debates. Não o disse com as letras todas, mas foi essa a mensagem.

"Espero que seja possível fazer pelo menos um debate com o meu oponente", disse Santana aos jornalistas, à entrada para uma sessão de campanha com militantes de Évora. O candidato à liderança do PSD recordou que propôs um conjunto de debates há mais de um mês, "passou um mês e nada".

Santana lembrou que a realização de debates públicos é "uma regra básica" das campanhas eleitorais, e deixou mais uma farpa ao seu adversário: "daqui a um ano e meio não estou a ver António Costa dizer que não quer debater, e ele é primeiro-ministro e eu serei líder da oposição" - pelo que seria ainda mais estranho não ser possível um debate entre dois companheiros de partido.

"Daqui a um ano e meio espero que não seja tão difícil debater com o dr. António Costa. Daqui a pouco estamos no natal e não se cumpriu esta regra básica", insistiu Santana, considerando que o debate entre ambos interessa não apenas aos militantes do PSD, mas "aos portugueses".