Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Moedas espera que Centeno não dê passos maiores do que as pernas

Carlos Moedas espera que o Orçamento do Estado para o próximo ano mantenha as metas de redução do défice e da elevada dívida do país. O comissário europeu considera relevante que seja criada uma tendência positiva na redução do défice e deseja que o minitro das Finanças não esteja a dar passos maiores do que as pernas