Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Parlamento português aprova voto de “preocupação pela evolução da situação política” na Catalunha

Ao mesmo tempo, foi rejeitado um voto de BE e PAN de “condenação pela violência e repressão policiais”

A Assembleia da República aprovou esta quarta-feira um voto apresentado pelo PS de "preocupação pela evolução da situação política na Catalunha", rejeitando simultaneamente um voto de BE e PAN de "condenação pela violência e repressão policiais".

O voto apresentado pelo PS foi aprovado com os votos favoráveis dos socialistas, do PSD e do CDS-PP e a abstenção do PAN, BE, PCP e PEV.

Na condenação pela "violência e repressão policiais" votaram a favor BE, PCP e PAN, nove deputados do PS e dois do PSD. Votaram contra estes diplomas de condenação da violência o PSD, CDS e cinco deputados do PS, tendo a bancada socialista maioritariamente optado pela abstenção.

Os deputados do PSD que votaram a favor foram Rubina Berardo e Ulisses Pereira, e, entre os socialistas, Helena Roseta, Jorge Bacelar de Vasconcelos, Paulo Trigo Pereira, Isabel Moreira, Tiago Barbosa Ribeiro, Carla Sousa, Hugo Carvalho, Luís Graça e André Batista.

Rocha Andrade, Nuno Sá, Luís Vilhena, Luís Testa e Idália Serrão foram os deputados do PS que votaram contra.