Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Costa volta ao Parlamento com pacote de habitação

Marcos Borga

Os novos autarcas ainda não tomaram posse, mas já vão ter de analisar o conjunto de propostas que o Governo aprovou, esta quarta-feira, em Conselho de Ministros e que vão incentivar o mercado de habitação

O debate quinzenal pós-autarquicas serviu para o primeiro ministro apresentar um conjunto de propostas de reabilitação urbana e de medidas para colocar no mercado mais casas para jovens e até para a classe média

Os novos autarcas ainda não tomaram posse, mas já vão ter de analisar o conjunto de propostas que o Governo aprovou, esta quarta-feira, em Conselho de Ministros e que vão incentivar o mercado de habitação. António Costa chama-lhe uma "nova geração de políticas de habitação" e que será "promovida em estreita articulação comemos municípios".

Em causa vão estar medidas para permitir o acesso "das famílias excluídas" a uma "habitação adequada", assim como incentivos a que "classes médias afastadas dos centros urbanos" regressem às cidades e que passam também pela criação de medidas de estímulo a que os proprietários coloquem no mercado habitações a "custos acessíveis".

O estado compromete-se ainda a integrar imóveis devolutos no Fundo Nacional de Reabilitação do Edificado e reabilitar essas casas para o mercado de arrendamento.