Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Pedrógão Grande: PCP quer donativos a chegar com urgência às vítimas

NUNO FOX / LUSA

Jerónimo de Sousa sublinhou que é importante averiguar os estragos que sofreram as propriedades das pessoas e também as empresas, auxiliando-as, mesmo no plano monetário

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, reiterou este sábado que as verbas para ajudar as vítimas do incêndio de Pedrógão Grande devem ser distribuídas com urgência, resolvendo as questões relativas às habitações antes do inverno.

“A opinião que temos é que quanto mais depressa melhor. Colocámos como medidas urgentes acudir às populações atingidas em Pedrógão e não só, no plano da habitação, que é um elemento crucial antes que chegue o inverno”, sustentou.

Numa visita a Real, uma freguesia do concelho de Penalva do Castelo, de maioria CDU, Jerónimo de Sousa sublinhou que é importante averiguar os estragos que sofreram as propriedades das pessoas e também as empresas, auxiliando-as, mesmo no plano monetário.

“É preciso também procurar responder a todos aqueles que viram perder os seus entes queridos. Também é necessária uma resposta [nesta vertente]. O desbloqueamento das verbas neste quadro é fundamental”, referiu.

Para o líder do PCP, tanto neste caso como no do roubo de armamento em Tancos, o importante é apurar-se a verdade e responsabilidades.

“Mas, faça-se o caminho. Não se fique à espera da demissão de um ministro, porque é uma responsabilidade coletiva do Governo, em particular do primeiro-ministro”, concluiu.