Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Costa afasta secretário de Estado das Florestas

Carolina Ferra sai da Administração Pública. Ao todo saem oito secretários de Estado. Entram dois seguristas

O chefe de Estado nomeou esta quinta-feira, por proposta do primeiro-ministro, oito novos secretários de Estado que vão tomar posse esta sexta-feira às 19h30, no Palácio de Belém, segundo uma nota divulgada no portal da Presidência da República.

Na maior mudança na composição do XXI Governo Constitucional desde a posse, que ocorreu em 26 de novembro de 2015, são alterados os titulares de sete secretarias de Estado de cinco ministérios e é ainda criada uma nova secretaria de Estado da Habitação, que será assumida pela arquiteta Ana Pinho.

São os seguintes os novos secretários de Estado: Ana Paula Zacarias (Assuntos Europeus), Eurico Brilhante Dias (Internacionalização), Tiago Antunes (Presidência do Conselho de Ministros), Maria de Fátima Fonseca (Administração e Emprego Público), António Mendonça Mendes (Assuntos Fiscais), Ana Teresa Lehmann (Indústria) e Miguel Freitas (Florestas e Desenvolvimento Rural), Ana Pinho (Habitação).

As saídas mais surpreendentes são de Margarida Marques e Amândio Torres. Ao DN, Marques explicou que não estava à espera. "Não fui eu que pedi a demissão. Foi o primeiro-ministro que entendeu que eu já não era necessária no Governo", afirmou.

Amândio Torres sai numa altura em que ainda não foi aprovada na Assembleia da República a reforma das florestas.

Com estas mudanças, Costa leva para o Governo dois seguristas: Eurico Dias e Miguel Freitas, que já foi deputado.