Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Exército: Faria Menezes entrega pedido de exoneração do cargo de Comandante das Forças Terrestres

A transição para a situação de reserva ocorrerá no próximo dia 14 de julho

O tenente-general Faria Menezes entregou esta segunda-feira um pedido de exoneração do cargo de Comandante das Forças Terrestres.

“A transição para a situação de reserva, que constitui um direito previsto no Estatuto dos Militares das Forças Armadas, ocorrerá no próximo dia 14 de julho, como consta na referida declaração”, afirma o Exército num comunicado.

A exoneração vai ter que ser assinada pelo ministro da Defesa, uma vez que foi ele que o nomeou, ao contrário do general José Calçada que foi o chefe do Estado-Maior do Exército que o nomeou e exonerou.

Tal como o Expresso avançou este sábado, Faria Menezes afirmou que iria apresentar a demissão hoje, por discordar da exoneraração dos comandantes das cinco unidades responsáveis pela segurança dos Paióis Nacionais de Tancos.

Na semana passada, o chefe do Estado-Maior do Exército anunciou a exoneração de os cinco comandantes das unidades que dão forças à segurança física e militar dos paióis: Comandante da Unidade de Apoio da Brigada de Reação Rápida, o Comandante do Regimento de Infantaria 15, o Comandante do Regimento de Paraquedistas, o Comandante do Regimento de Engenharia 1 e o Comandante da Unidade de Apoios Geral do Material do Exército, na sequência do roubo de material de guerra dos Paióis de Tancos.