Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Marques Mendes diz que Costa prepara “mini-remodelação”

O comentador diz que está para breve a saída de mais secretários de Estado, que deverão abandonar o Governo por “razões pessoais”

Luís Marques Mendes disse este domingo, no seu comentário habitual na SIC, que, para além das três demissões já conhecidas, “é provável que saiam mais alguns secretários de Estado”, sobretudo “por razões pessoais”.

“Esta mini-remodelação deverá acontecer daqui a duas semanas, provavelmente depois do debate do Estado da Nação”. Marques Mendes disse ainda que, nesta remodelação, não haverá saída de ministros.

O ex-líder do PSD considera inevitável, a prazo, uma remodelação mais ampla que envolva ministros, mas também entende que António Costa não a fará agora, precisamente por estar a ser pressionado pela oposição.

Marques Mendes acha que isso pode acontecer depois das autárquicas e que seria importante criar um cargo de vice-primeiro-ministro no Governo, pois “falta claramente um n.º 2 neste Governo”.

Sobre os secretários de Estado que se demitiram este domingo - Jorge Costa Oliveira, secretário de Estado da Internacionalização, Fernando Rocha Andrade, secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, e João Vasconcelos, secretário de Estado da Indústria -, o comentador diz que “fizeram bem em sair, mas que isto representa um rombo em postos-chave do Governo”.

O ex-líder do PSD diz que se trata de ex-governantes “muito competentes” e “muito ligados ao primeiro-ministro”. E que isso terá consequências severas nas áreas em causa.