Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Costa diz que Governo nada tem a opor à entrada da Santa Casa de Lisboa no Montepio

Nuno Botelho

“Nós respeitamos a autonomia da gestão e confiamos na gestão que o senhor provedor. Não temos nada a opor. Vemos como positivo que no contexto de estabilização do sistema financeiro exista um banco que seja do sector social”, diz o primeiro-ministro

O primeiro-ministro, António Costa, assegurou esta quinta-feira que o Governo não tem "nada a opor" a uma possível entrada da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa no capital do Montepio, considerando que seria positivo para o sistema financeiro.

No debate quinzenal no parlamento, António Costa foi questionado sobre este tema pela líder do CDS, Assunção Cristas, que quis saber por que razão está a ser pensada ou preparada esta entrada e qual a posição do Governo.

"Nós respeitamos a autonomia da gestão e confiamos na gestão que o senhor provedor. Não temos nada a opor. Vemos como positivo que no contexto de estabilização do sistema financeiro exista um banco que seja do sector social", começou por responder António Costa.

O chefe de executivo assegurou que o Governo não tem "nenhuma objeção" a esta entrada de capital, afirmando que "se for de acordo aos interesses da Santa Casa da Misericórdia nada há a opor.