Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

PSD-Lisboa: Pedro Rodrigues é candidato contra Pedro Pinto

Pedro Pinto, que é próximo de Passos e conta com o apoio da máquina laranja no distrito, terá como adversário um dos críticos do líder do partido

Filipe Santos Costa

Filipe Santos Costa

Jornalista da secção Política

Pedro Rodrigues, antigo líder da JSD, vai candidatar-se à presidência da distrital de Lisboa do PSD, contra Pedro Pinto, deputado e, também, ex-líder da "jota". Pedro Pinto, que confirmou na terça-feira que está na corrida, é muito próximo de Pedro Passos Coelho e a sua candidatura está a ser lida como uma tentativa da atual liderança do PSD de assegurar, desde já, o controlo de uma das distritais mais importantes do partido. Pedro Rodrigues, pelo contrário, tem-se apresentado como bastante crítico da liderança de Passos.

No passado, tanto um como outro já disputam, e perderam, a direção da distrital de Lisboa. Pedro Pinto apresentou-se nos anos 90 contra Pedro Roseta e contra Isaltino Morais - nessa altura, protagonizava a proposta contra o 'establishment' partidário, em pleno cavaquismo; agora, representa o "passismo" - é amigo e colaborador de Passos Coelho desde final dos anos 80, quando este lhe sucedeu na liderança da JSD. Entretanto, com Passos como presidente do PSD, Pinto foi seu vice-presidente.

Pedro Rodrigues candidatou-se há quatro anos, contra Miguel Pinto Luz, o ainda presidente, que cessa funções no dia 20. Em 2013, Rodrigues alcançou 36% dos votos. Não tinha o apoio de qualquer máquina partidária, mas contava com alguns barões: Nuno Morais Sarmento, Sofia Galvão e António Pinto Leite deram a cara ao seu lado.

A maioria das concelhias de Lisboa já deu apoio a Pedro Pinto, bem como a estrutura da JSD-Lisboa e diversos candidatos a presidências de câmara no distrito.