Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Marcelo: “Desejo que esta esperança, que renasceu relativamente à vitória da França e da Europa, se concretize”

José Caria

Presidente da República reage à vitória de Macron, eleito com 66,10% dos votos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou esta segunda-feira que, com a vitória Emmanuel Macron nas presidenciais francesas, “venceu a França e venceu a Europa”.

“Tinha dito que desejava que vencesse a França e que vencesse a Europa. De facto, venceu a França e venceu a Europa”, sustentou.

O centrista Emmanuel Macron foi eleito com 66,10% dos votos, contra 33,90% da candidata da extrema-direita Marine Le Pen, revelam esta segunda-feira os resultados definitivos da segunda volta das eleições presidenciais francesas, que decorreram no domingo.

No final de uma visita à Associação de Solidariedade Social e Recreativa de Nespereira, no concelho de Cinfães, Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou a importância de se olhar para o futuro, depois desta eleição.

“Desejo que esta esperança, que renasceu relativamente à vitória da França e da Europa, se concretize, se consolide e se concretize”, referiu.

No seu entender este é mesmo um passo muito importante, que deve agora ser consolidado.

“A França é muito importante para o projeto europeu e a Europa é muito importante para os europeus, mas, só se consolida se a Europa souber responder às necessidades dos europeus. Não basta que os europeus votem pela Europa, é preciso que os responsáveis políticos da Europa depois correspondam àquilo que são os anseios, necessidades, aspirações e, às vezes, os dramas dos europeus”, concluiu.