Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Tempestade política no Porto: Rui Moreira deixa cair apoio do PS

Rui Moreira, presidente da câmara do Porto, com Manuel Pizarro, do PS Porto

Rui Duarte Silva

Núcleo duro da comissão política do movimento independente “Porto, O Nosso Partido” decidiu descartar o apoio dos socialistas na corrida autárquica, apurou o Expresso. Rui Moreira considera inaceitável a colagem do PS a uma futura vitória, bem como a pressão de forte presença de socialistas nas suas listas

Isabel Paulo

Isabel Paulo

Jornalista

A rotura do independente Rui Moreira com os socialistas está consumada. Ontem, numa reunião à porta fechada, o núcleo próximo de Rui Moreira decidiu que não há condições para manter o apoio do PS na recandidatura do presidente da Câmara do Porto às eleições de outubro, apurou o Expresso.

A cinco meses das autárquicas, Rui Moreira correrá apenas com o apoio do CDS-PP, que sempre teve “um comportamento exemplar, sem pressões nem exigências de negociações ao contrário do PS”, adianta fonte da candidatura independente.

Na origem do divórcio à vista esteve Ana Catarina Mendes, que ao Expresso há um mês, e mais recentemente ao Observador, reiterou que o PS teria uma presença forte nas listas de Rui Moreira. Na altura, Rui Moreira chegou a dizer que não haveria "jobs for the boys", um recado para os socialistas. A ameaça passa agora à ação.

A gota de água que ditou o fim da união com o PS foi a colagem rosa à previsível vitória eleitoral de Rui Moreira. A secretária-geral-adjunta declarou que na noite eleitoral “todas as vitórias dos candidatos do PS e das lista que o PS integra serão vitórias dos socialistas”.

Fonte da recandidatura de Rui Moreira adianta que a posição de prescindir do apoio do parceiro de coligação pós-eleitoral da atual governação autárquica “é irreversível”, face às tentativas de condicionamento por parte de alguns dirigentes socialistas.

Questionada sobre se Rui Moreira irá convidar Manuel Pizarro, seu braço direito na Câmara do Porto, a mesma fonte refere que enquanto socialista não.

A direção do PS-Porto vai reunir hoje à noite para "analisar a situação política autárquica no Porto".

Esta notícia será desenvolvida na edição de amanhã do semanário Expresso.