Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

António Lobo Xavier: “Acho impossível que um atentado destes não tenha impacto sobre as eleições”

Paris sofreu mais um atentado terrorista esta quinta-feira à noite. Um homem disparou uma arma automática nos Campos Elísios, matando um polícia e ferindo outros dois. O ataque foi reinvidicado pelo Daesh e o atirador foi morto no local

Ana Baptista

Ana Baptista

Jornalista

António Lobo Xavier considera que o tiroteio que esta quinta-feira à noite matou um polícia e feriu outros dois em Paris, França, terá impacto nas eleições presidenciais do próximo domingo. Contudo, diz que esse impacto não deverá beneficiar directamente a a candidata da extrema-direita, Marine Le Pen.

"Acho impossível que um atentado com estas características não tenha impacto sobre as eleições (...) pode ser que contribuisse para reduzir a abstenção que se prevê que seja muito elevada" disse no programa Quadratura do Círculo, na SIC Notícias. Até porque, continuou, "as possibilidades reais de Le Pen ganhar as eleições são reduzidas".

Também Jorge Coelho considera que o atentado tenha uma influência directa na eleição de Le Pen. Só mesmo se agora houver uma sucessão de atentados até ao dias das eleições ou sem um dos candidatos sofrer um ataque.

Para o socialista, Le Pen tem estado bem nas sondagens, mas há situações que a prejudicam, como o facto de ir ser julgada pela utilização de dinheiros públicos. Além disso, acrescenta, a política de Le Pen contra os imigrantes têm-se revelado falível.

"Le Pen é contra os imigrantes, mas tem sido nativos do país que têm feito os ataques. Não é um problema que se resolva como a Le Pen quer fazer, expulsando os imigrantes", comentou, lembrando que o tiroteio desta quinta-feira à noite foi contra a polícia, ou seja, contra o Estado francês.