Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

PCP chama diretor-geral da Saúde ao Parlamento

Ana Baião

Comunistas requereram a presença de Francisco George para esclarecer os deputados sobre surto de sarampo

"Entende o grupo parlamentar do PCP que a Assembleia da República não pode alhear-se". É assim que os comunistas justificam a chamada ao Parlamento do diretor-geral da Saúde Francisco George, para prestar esclarecimentos na comissão parlamentar sobre o recente surto de casos de sarampo que atingiram o País.

O requerimento do PCP foi enviado esta terça-feira ao presidente da comissão parlamentar da Saúde, antes mesmo de ser conhecida a notícia da morte da jovem adolescente no Hospital Dona Estefânia. Mesmo assim, a existência de 15 casos confirmados de sarampo – sete no Algarve e os restantes na região de Lisboa – foram razões suficientes para a convocação do responsável da Saúde para prestar contas aos deputados.