Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Marcelo elogia geringonça: país tem uma “área de poder coesa”

TIAGO PETINGA / Lusa

Presidente da República considera que os programas de Estabilidade e Reformas não trarão “qualquer problema” no relacionamento entre Portugal e a União Europeia

O Presidente da República considerou esta terça-feira que os programas de Estabilidade e Reformas, que o Parlamento debate esta quarta-feira, não trarão "qualquer problema" no relacionamento entre Portugal e a União Europeia.

Falando em Lisboa, à margem das cerimónias do 10.º aniversário do Hospital da Luz, Marcelo Rebelo de Sousa – que esta tarde continua a receber os partidos sobre os dois documentos – frisou que há em Portugal uma "área de poder coesa" e "oposições aguerridas", mas assinalou que do Programa de Estabilidade e do Programa Nacional de Reformas não surgirão problemas para o país.

"Não será por estes documentos que haverá qualquer problema no relacionamento de Portugal e da União Europeia", disse o chefe de Estado, acrescentando que mesmo se houver um projeto de resolução votado no Parlamento os documentos deverão seguir para Bruxelas no momento posterior.