Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Costa apela ao “espírito construtivo” do BE na reforma da Segurança Social

Marcos Borga

Primeiro-ministro alertou contudo que o futuro do sistema da Segurança Social não pode ser posto em causa

O primeiro-ministro, António Costa, disse esta quarta-feira esperar do Bloco de Esquerda (BE) um "espírito construtivo" na reforma da Segurança Social e das carreiras contributivas, mas advertiu que o futuro do sistema não pode ser posto em causa.

É preciso, sinalizou António Costa no Parlamento, "fazer justiça em relação ao passado sem comprometer o futuro".

A líder do BE, Catarina Martins, contrapôs que o programa do Governo fala em diversificação das "fontes de financiamento da Segurança Social", sublinhando que "o Bloco nunca se pôs de fora desse debate".

"Foi um crime obrigar pessoas a começar a trabalhar tão novas. Mas, façamos na velhice a justiça que não lhes fizemos em criança", prosseguiu a coordenadora do BE, lembrando que as pessoas que começaram a trabalhar aos 12 anos, por exemplo, devem poder ter a reforma aos 60 sem penalizações.