Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

BE e PCP viabilizam injeção de dinheiro no Novo Banco

José Caria

Lone Star ameaçou que proposta de compra caducava a 31 de março. Ana Catarina Mendes: “No imediato não há custos para os contribuintes”

O futuro reforço do Fundo de Resolução depende de um artigo do Orçamento do Estado que estabelece os limites de endividamento público em cada ano. PCP e BE admitem viabilizá-lo e assim permitir a injeção de dinheiros públicos no Novo Banco. Não se sabe ainda em que ano isso será necessário e na pior das hipóteses pode acontecer só no OE de 2019, o último desta legislatura. O acordo para a futura venda do banco foi assinado no último dia possível. Americanos fizeram ultimato: proposta só era válida até 31 de março.

Saiba mais na edição deste sábado do Expresso.