Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

PR cancela visita à Proteção Civil e segue para Lamego

PAULO NOVAIS / LUSA

Marcelo Rebelo de Sousa solidariza-se com as famílias das vítimas das explosões ocorridas terça-feira numa fábrica de pirotecnia em Avões

A Presidência da República acaba de anunciar que o chefe de Estado já não irá visitar esta tarde a Proteção Civil, tal como estava previsto. Marcelo Rebelo de Sousa irá antes a Avões, Lamego, onde esta terça-feira diversas explosões ocorridas numa fábrica de pirotecnia resultaram na morte confirmada de cinco pessoas.

No local, em representação do Governo, esteve esta manhã o secretário de Estado da Administração Interna Jorge Gomes, que em declarações aos jornalistas disse que há ainda três pessoas dadas como desaparecidas e que “por razões de segurança dos operacionais, não se pode proceder nem à identificação dos corpos, nem proceder a qualquer movimento no local do acidente”.

Na visita desta tarde à sede da Proteção Civil, em Carnaxide, o Presidente da República, acompanhado pelo ministro da Defesa Azeredo Lopes, ficaria a conhecer os preparativos para a visita do Papa Francisco a Fátima, entre os dias 12 e 13 de maio, para as comemorações do centenário das aparições.