Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Panama Papers. Parlamento Europeu envia missão a Portugal

António Pedro Ferreira

A missão – que ainda não tem data definida – poderá falar com o Banco de Portugal, Polícia Judiciária, ministros das Finanças da altura e Paulo Núncio, defende Ana Gomes

A comissão de inquérito do Parlamento Europeu aos Panama Papers aprovou esta quarta-feira o envio de uma missão para Portugal, no âmbito do escândalo dos offshores.

A missão – que ainda não tem data definida – será aprofundada e, segundo a eurodeputada socialista Ana Gomes, poderá ser uma oportunidade para falar com o Banco de Portugal, Polícia Judiciária, os ministros das Finanças da altura (Vítor Gaspar e Maria Luís Albuquerque) e o antigo secretário de Estado dos Assuntos Fiscais do Governo de Passos Coelho, Paulo Núncio.

Ana Gomes disse ao Expresso que concorda com esta missão, sustentando que não está em causa apenas a fuga aos impostos, mas também o branqueamento de capitais. “Quando rebentou este escândalo, defendi que era preciso uma verdadeira investigação sobre Portugal”, recorda Ana Gomes.

Foi também decidido o envio de missões à Suíça e ao Chipre, estando ainda previsto para os EUA. Reino Unido, Luxemburgo e Malta já receberam missões.

Recorde-se que esta terça-feira a comissão de inquérito do Parlamento Europeu aos Panama Papers aprovou a sugestão do eurodeputado Nuno Melo (CDS) para convidar o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Fernando Rocha Andrade, a deslocar-se Bruxelas para dar explicações sobre as transferências feitas em 2014 para offshores, nomeadamente sobre os 97,7% que revelou estarem “no oculto”.