Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Deputado do PSD acusa Sampaio de ter sido um dos responsáveis pela bancarrota do país

As reações ao segundo volume da biografia de Sampaio sucedem-se. Depois de Santana Lopes, deputado do PSD sobe o tom nas críticas

Helena Pereira

Helena Pereira

Editora de Política

O PSD acusa o ex-Presidente da República, Jorge Sampaio, de ter contribuído para a bancarrota do país. Num texto publicado no Facebook a propósito do segundo volume da biografia de Sampaio, o deputado social-democrata Duarte Marques ataca o socialista por ter criticado os esforços de Durão Barroso em querer reduzir o défice e por ter dissolvido o Parlamento em 2004 abrindo portas às eleições que deram maioria absoluta a Sócrates.

"Pedro Santana Lopes teve até demasiada elegância ao dizer que é 'normal que Sampaio sinta algum peso na consciência' por ter aberto a porta do país a Sócrates. Mas é bom recordar que Sampaio teve um desempenho fundamental na 'bancarrota' pois além ter permitido a ascensão de Socrates é também ao ex-Presidente que devemos a frase 'há mais vida para além do défice' o que foi um verdadeiro murro no estômago de um governo que mostrou empenho em reduzir o défice já em 2002", escreveu.

"Na verdade, na sua biografia, Jorge Sampaio demonstra até algum orgulho por ter permitido a José Socrates (des)governar Portugal. Espero que não esteja igualmente orgulhoso do resultado e a sua biografia devia ter sido um bom pretexto para demonstrar arrependimento por ter deitado abaixo um governo de maioria e para pedir desculpa aos portugueses. Com esta confissão Sampaio confessa que foi o pior Presidente que Portugal poderia ter naquelas cicunstâncias", acrescenta.