Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Formalizada segunda comissão de inquérito à CGD

Luís Barra e Tiago Miranda

O Parlamento quer que a comissão aprecie a responsabilidade do Governo pela gestão da administração liderada por António Domingues e os motivos que levaram à sua demissão

A criação de uma segunda comissão de inquérito às responsabilidades do Governo na administração da CGD foi esta segunda-feira motivo de uma resolução do Parlamento, publicada em “Diário da República”, que insiste querer saber a razão da demissão de António Domingues.

Aprovada em 27 de fevereiro de 2017, e esta segunda-feira publicada, a resolução determina que aquela comissão – que já está em funcionamento desde finais de fevereiro, embora só esta segunda-feira tenha sido formalmente constituída – deverá funcionar "pelo prazo mais curto que permita cumprir" os seus objetivos, sem ultrapassar os 120 dias, terminando assim em julho.

A comissão vai dedicar-se a analisar três pontos. O primeiro, "apreciar" as negociações, direta ou indiretamente conduzidas pelo Governo, as condições e os termos de contratação da administração de António Domingues para a CGD – Caixa Geral de Depósitos.

O Parlamento quer ainda que a comissão aprecie "a intervenção e responsabilidade" do Governo pela gestão da administração liderada por António Domingues e também que aprecie os factos que conduziram à sua demissão e saída efetiva da administração por si liderada.

Esta segunda-feira, numa entrevista à agência Lusa, o presidente desta segunda comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos (CGD), o social-democrata José Pedro Aguiar-Branco, assegurou que vai fazer tudo para que esta não seja "a comissão dos SMS".

  • Aguiar-Branco: “Não permitirei que esta seja a comissão dos SMS”

    Um dia antes de a nova comissão de inquérito parlamentar à CGD tomar posse, o antigo ministro da Defesa diz ter aceitado presidir à mesma “por uma questão de dever” e salienta que o ministro das Finanças Mário Centeno é “o primeiro interessado” em que a comissão apure toda a verdade dos factos