Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Angola adia visita da ministra da Justiça portuguesa

Mário Cruz / Lusa

A visita de trabalho de Francisca Van Dunem a Angola estava prevista para durar três dias. A ministra não comenta

A visita da ministra da Justiça portuguesa a Angola, que deveria começar esta quarta-feira, foi adiada "sine die", anunciou em comunicado o Ministério da Justiça.

No comunicado, informa-se que "a visita da Ministra da Justiça foi adiada, a pedido das autoridades angolanas, aguardando-se o seu reagendamento".

Confrontada pelos jornalistas, Francisca Van Dunem escusou-se esta terça-feira a esclarecer os motivos do adiamento da visita com uma duração prevista de três dias.

"O Ministério da Justiça emitiu um comunicado nessa matéria, que será totalmente autoexplicativo. Tem lá todas as explicações", disse..

"Não há muito mais a dizer, como está dito no comunicado, como o comunicado explícita, a viagem foi adiada e vai haver um reagendamento", respondeu Francisca Van Dunem, que falava à margem do lançamento do livro "40 Anos de políticas de justiça em Portugal".

A confirmação da visita agora adiada foi feita a 10 de fevereiro, também em Luanda, pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.

Caso se realizasse, a visita aconteceria uma semana depois de o Ministério Público português ter acusado, entre outros, o vice-Presidente de Angola (e ex-presidente da Sonangol) Manuel Vicente, no âmbito da "Operação Fizz", relacionada com corrupção e branqueamento de capitais.

Até ao momento, nenhum elemento do Governo angolano ou do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA, no poder) comentou a acusação.

Francisca Van Dunem, escolhida em novembro de 2015 por António Costa para ministra da Justiça, foi procuradora-geral distrital de Lisboa durante oito anos e fez toda a carreira profissional como magistrada no Ministério Público.

Nasceu em Luanda a 5 de novembro de 1955, no seio de famílias conhecidas de Angola - Vieira Dias, pelo lado materno e Van Dunem pelo paterno.

[ Notícia atualizada às 20h45 ]