Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Governo admite fechar fronteiras durante a visita do Papa

Ministra da Administração Interna garante que haverá um dispositivo "muito reforçado" em Fátima, durante os dias 12 e 13 de maio

Hugo Franco

Hugo Franco

texto

Jornalista

Em entrevista ao Expresso, Constança Urbano de Sousa diz que pode ser equacionada a reposição do controlo de fronteiras, no âmbito do acordo de Schengen, durante a visita do Papa Francisco a Fátima.

Se tal acontecer, será restabelecido "o controlo documental" de pessoas antes, durante e depois do evento, que decorrerá dia 12 e 13 de maio.

Não seria uma iniciativa inédita. Portugal fechou as fronteiras durante o Euro 2004 e a Cimeira da Nato em novembro de 2010.