Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Lobo Xavier alerta: Polémica da CGD “vai acabar mal”

O advogado disse esta quinta-feira, no programa Quadratura do Círculo, na SIC Notícias, que o Governo está a gerir mal este tema desde que ele começou e que tudo poderia ter sido resolvido com “declarações honestas, francas e de peito aberto”. Mas não diz se defende ou não a demissão do ministro das Finanças

Ana Baptista

Ana Baptista

Jornalista

António Lobo Xavier voltou, esta quinta-feira, a criticar o Governo pela forma como tem estado gerir a polémica em torno da entrega das declarações de rendimentos dos ex-gestores da Caixa Geral de Depósitos (CGD).

"Não percebo como é que o Ministro das Finanças e o Governo gerem um assunto destes desta maneira. E vai acabar mal", alertou no programa Quadratura do Círculo, na SIC Notícias.

Contudo, o advogado não disse, em nenhuma ocasião da sua intervenção dosbre este tema, se defendia ou não a demissão do ministro das Finanças, Mário Centeno, por este ter, alegadamente, mentido numa comissão de inquérito.

A acusação partiu do CDS que, disse esta quinta-feira numa conferência de imprensa no Parlamento, que houve uma “quebra de verdade sob a comissão de inquérito”. Nesse encontro, o deputado do CDS, João Almeida, afirmou que o ministro disse em janeiro que não havia correspondência nenhuma entre ele o ex-presidente da CGD, António Domingues, mas que agora essa correspondência foi entregue à comissão de inquérito". E foi ainda publicada em alguns jornais.

Mas o advogado - que na quarta-feira foi nomeado como futuro vice-presidente da nova administração do BPI - desvaloriza mesmo a questão de o ministro ter ou não mentido. "O que interessa é compreender que há habilidades políticas sobre a linguagem", comentou, acrescentando que "o Governo e o Ministro das Finanças e o Ministério continuam agarrados à semântica, às palavras".

Para Lobo Xavier "tudo isto poderia ter sido resovido com declarações honestas, francas e de peito aberto", disse.

"Já havia tempo de ter parado com este assunto dizendo, simplesmente, o seguinte: De facto houve conversas no sentido de eximir os novos administradores à apresentação da declaração [de rendimentos] no Tribunal Constitucional, houve trabalho jurídico nesse sentido, e a partir de uma certa altura, nomeadamente da intervenção de Marques Mendes na televisão, deixou de haver condições para o Governo suportar o que tinha combinado. Eu acho que isto não custa dizer. É perfeitamente compreesível. Não é passível de nenhuma censura política", continuou.

E agora ainda mais, acrescentou: "Com estes documentos que os jornais transmitem e outros que eu sei que existem vai-se perceber que há uma troca abundante de mensagens, de textos, de papéis, sobre a evolução das conversas, das negociações, do qque é preciso fazer, que diligências, como é que muda a lei, se muda, se será suficiente, se não será , e o Tribunal Constitucional, etc.. Não sei qual é a necessidade de se sujeitarem a uma situação destas quando o assunto já devia estar arrumado. Lamento que ainda estejamos aqui, mas agora as posições estão tão extremadas que é preciso ir até às ultimas consequências".

Lobo Xavier descarta também que devam existir consequências penais, como foi também sugerido pelo CDS na sua intervenção no Parlamento. "Exagera-se nas consequências penais. Se houver crimes, eles devem ser punidos, mas não há necessidade nenhuma. A CGD está numa outra fase".

Também Pacheco Pereira, que participa na Quadratura do Círculo com Lobo Xavier e Jorge Coelho, disse estar "intregalmente de acordo com o que disse Lobo Xavier".

"Era óbvio que tinha havido uma negociação", disse, acrescentando que "há várias maneiras de mentir e todas elas estão presentes neste processo".

Já Jorge Coelho desvalorizou o tema, dizendo mesmo que "a generalidade dos cidadãos está farto deste tema até aos olhos" e que a oposição continua a debatê-lo porque está perdida.

Ainda assim, não acredita na solução da demissão. "Não se deve mentir e um ministro mentir é ainda mais grave, mas não embarco por aí", comentou.