Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Ministros da Defesa do “flanco Sul” da NATO reúnem-se segunda-feira no Porto

Ministro da Defesa português, Azeredo Lopes, será o anfitreão de mais um encontro do chamaddo "quarteto do sul"

António Pedro Ferreira

“Concertar posições sobre temas-chave para a segurança e defesa do ‘flanco sul’” é o principal objetivo deste encontro onde estarão presentes os ministros de Espanha, França, Itália e Portugal

Carlos Abreu

Jornalista

Os ministros da Defesa do chamado “quarteto do sul” – Espanha, França, Itália e Portugal – reúnem-se na próxima segunda-feira no Palácio da Bolsa, no Porto.

Em comunicado enviado às redações, o gabinete do ministro português, Azeredo Lopes, informa que neste terceiro encontro pretende-se “concertar posições sobre quatro temas-chave para a segurança e defesa do ‘flanco sul’: o estado da Aliança Atlântica e perspetivas futuras, o modelo de atuação da NATO para o Sul, as relações transatlânticas e a implementação da Estratégia Global da União Europeia em matéria de segurança e defesa”.

Para além de Azeredo Lopes, estarão presentes, os ministros da Defesa de Espanha, Maria Cospedal, de França, Jean-Yves le Drian, e de Itália, Roberta Pinotti

O “quarteto do sul” reuniu-se pela última vez em Toulon, França, a 12 de maio de 2016, tendo na altura remetido uma carta conjunta ao secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, quando falta menos de dois meses para a cimeira de Varsóvia. Desta feita, o encontro decorre a poucos dias de mais uma cimeira de ministros da Defesa da NATO marcada para 15 e 16 de fevereiro em Bruxelas.