Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Descida da TSU: Costa aguarda “serenamente” por decisão de Marcelo

PAULO NOVAIS / Lusa

Primeiro-ministro sublinha que não vai antecipar-se “à discussão do que é que acontecerá a seguir”, defendendo que deve ser respeitado “o funcionamento das instituições”

O primeiro-ministro recusa antecipar-se "à discussão" sobre a decida da Taxa Social Única (TSU) e afirma que aguarda "serenamente" pela apreciação do diploma por parte do Presidente da República.

"O Governo completou a sua parte do processo legislativo", sublinha António Costa, referindo que aguarda "serenamente" que Marcelo Rebelo de Sousa "decida se promulga ou não promulga" o diploma relativo à descida da TSU das empresas, prevista no acordo de concertação social que consagrou o aumento do salário mínimo nacional.

António Costa, que falava aos jornalistas esta segunda-feira na Figueira da Foz, sublinha que não se vai antecipar "à discussão do que é que acontecerá a seguir", defendendo que deve ser respeitado "o funcionamento das instituições".

"O diploma chegará creio que ainda hoje ao senhor Presidente da República para ele o poder apreciar", disse.

O primeiro-ministro deslocou-se esta manhã à Figueira da Foz, para presidir à cerimónia de assinatura de dois contratos de investimento entre o Estado e o grupo de produção de pasta de papel Altri, no valor de 125 milhões de euros.