Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Júdice recusa Lisboa: “Durante mil anos vai estar no Google que fui candidato”

Alfredo Rocha

José Miguel Júdice lamenta que alguém tenha testado o seu nome, “como se faz com as margarinas”, sem sequer o contactar. Advogado não estará disponível para regressar à política

José Miguel Júdice diz que é "um disparate" falar do seu nome como potencial candidato à Câmara de Lisboa. O advogado, ex-militante do PSD e ex-bastonário da Ordem dos Advogados, lamenta "que ninguém tenha tido a gentileza de (lhe) perguntar se estava disponível" e tenha avançado para um teste, "como se faz às margarinas".

A notícia de que José Miguel Júdice era uma hipótese foi dada esta manhã pelo "Público". Mas o advogado garante ao Expresso: "Não sou candidato a coisa nenhuma. Não é aos 67 anos que vou entrar na política e graças a Deus não preciso de publicidade".

Júdice conta que chegou a ser convidado pelo PS para uma candidatura autárquica em Cascais, mas na altura disse que não e, "como estava a lidar com uma pessoa educada, isso nunca foi divulgado".

Desta vez, correu mal. Resta-lhe uma certeza: "Durante mil anos vai estar no Google que fui candidato a candidato em Lisboa".

  • PSD avança sozinho para Lisboa

    Carlos Carreiras, coordenador autárquico dos sociais-democratas, disse ao “Público” que o processo de escolha do candidato do partido já está na fase final