Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

PCP recorda “divergências e convergências com Soares”, BE lembra o homem que “não deixou de lado as suas convicções”

Marcos Borga

PCP recusa “hipocrisia” de não assumir as divergências que teve com Soares, mas saúda o seu papel no combate à ditadura. Bloco recorda também a luta de Soares contra a invasão do Iraque ou as políticas de austeridade da troika


O líder parlamentar do PCP, João Oliveira, fez um curto discurso na sessão evocativa de Mário Soares . que esta tarde decorre no Parlamento - para apresentar as condolências do partido pelo falecimento de Mário Soares. Mas recusou a "hipocrisia" de não assumir as divergências que os comunistas tiveram, ao longo da história da democracia portuguesa, com o antigo líder do PS e ex-Presidente da República.

"Não é o momento de dissecar o deve e haver nas divergências e convergências nas relações com o PCP, mas seria hipocrisia não o referir", assumiu Oliveira, defendendo que o balanço global a todas as intervenções de Soares na história da democracia portuguesa - como "a adesão à CEE" - está ainda "longe de poder ser feito".

"Ninguem se supreenderá que não partilhemos o elogio naquilo que marcou as nossas divergências", prosseguiu João Oliveira, depois de ter também saudado a convergência de Soares com o PCP no "combate à ditadura fascista".

Por parte do Bloco de Esquerda, o líder parlamentar Pedro Filipe Soares lembrou o homem "obstinado, frontal e controverso, mas sempre lutador". Não apenas como "combatente anti-fascista, preso e exilado" que "não deixou de lado as suas convicções", mas também como figura de relevo que "depois da revolução de abril regressou para muitos combates que marcaram o nosso regime democrático".

Como deputado, ministro, primeiro-Ministro, Presidente da República, mas também, depois disso, como um cidadão inconformado que que se "levantou contra a invasão do Iraque", que se "opôs às politicas de austeridade do Governo PSD-CDS" e que "saudou as alterações", políticas resultantes das eleições legislativas de 2015.