Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Luís Filipe Vieira sobre Mário Soares: “Democrata, líder político, grande personalidade”

MIGUEL A. LOPES / Lusa

Benfica publicou um texto do presidente do clube

O Benfica emitiu um comunicado assinado por Luís Filipe Vieira a propósito do falecimento de Mário Soares. Nele, o líder dos encarnados fala de uma “enorme perda para o país e para a Lusofonia”, “promotor da adesão de Portugal à União Europeia”.

Vieira recorda, também, o dia 1 de dezembro de 1992, quando Mário Soares condecorou Eusébio com a Comenda da Ordem do Infante, um “momento que ficará para sempre na memória”.

Leia, abaixo, o texto de Vieira.

"Nesta hora de enorme perda para o País e para a Lusofonia de uma grande personalidade, fundadora da Democracia portuguesa, promotora da adesão de Portugal à União Europeia e titular dos principais cargos políticos de Portugal, em meu nome pessoal e do Sport Lisboa e Benfica expresso o mais profundo pesar pelo falecimento do Dr. Mário Soares e apresento à família e ao Partido Socialista, de que foi fundador, as mais sentidas condolências.

A memória, as referências e os valores são pilares prezados pelo Sport Lisboa e Benfica. Na diversidade de perspetivas, nenhuma instituição ou sociedade deve faltar aos deveres de reconhecimento da importância das referências e à relevância dos valores como elementos estruturantes das relações institucionais e humanas.

Democrata, líder político, Primeiro-ministro e Presidente da República, Mário Soares participou em 1 de dezembro de 1992, no antigo Estádio da Luz, na Festa de Homenagem ao nosso Eusébio da Silva Ferreira, condecorando-o com a Comenda da Ordem do Infante num momento que ficará para sempre na nossa memória."