Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Costa decreta três dias de luto pela morte de Soares. “Devemos-lhe muito”

Primeiro-ministro reagiu à morte de Soares em Nova Deli. Visita de estado não será cancelada

Helena Pereira

Helena Pereira

Editora de Política

O Governo vai decretar três dias de luto e honras de funeral de Estado, anunciou este sábado António Costa na Índia, onde se encontra em visita oficial. “Devemos-lhe muito. Estaremos eternamente gratos”, afirmou o primeiro-ministro, numa declaração aos jornalistas, em Nova Deli, realçando “o contributo único e insubstituível [de Soares] para que hoje sejamos um país livre e democrático”.

O chefe de Governo recordou ainda as muitas vezes em que o ex-líder do PS e ex-Presidente foi “o rosto e a voz da nossa liberdade”. Costa explicou ainda que a sua visita à Índia não será interrompida uma vez que se trata de uma visita de Estado.

“Se Mário Soares soubesse, ficaria contente com essa decisão pois sempre colocou o interesse do Estado acima de qualquer outro”, diria minutos depois aos jornalistas o ministro dos Negócios Estrangeiros. Visivelmente emocionado, Augusto Santos Silva afirmou que “todos os portugueses choram hoje Mário Soares”.