Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Carlos César sublinha “coragem e visão estratégica internacionalista” de Soares

Marcos Borga

Mários Soares “foi uma grande figura da transição da última metade do século XX para o século XXI, a favor da liberdade e democracia”, disse o presidente do Partido Socialista

Helena Bento

Jornalista

No dia em que se soube da morte de Mário Soares, o presidente do PS Carlos César disse que “não devemos ao antigo Presidente da República apenas a conquista da democracia, mas também um sentido cívico pautado pela coragem e visão estratégica internacionalista”.

“Soares libertou Portugal do isolamento a que o país estava votado na comunidade internacional. Foi uma grande figura da transição da última metade do século XX para o século XXI, a favor da liberdade e democracia”, disse Carlos César, acrescentando que a morte de Soares representa a “perda de um grande português”.

Mário Soares morreu este sábado, cerca das 15h30, no Hospital da Cruz Vermelha, onde estava internado desde o dia 13 de dezembro.