Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Marcelo diz que felicitou Cuba pelo dia nacional. “Todos os presidentes fizeram isso”

António Cotrim / Lusa

Presidente da República reage à notícia avançada esta sexta-feira pelo jornal Público onde se dava conta de que Marcelo felicitou Raul Castro pelo 58.º aniversário da Revolução Cubana mas que não divulgou dessa mensagem na página da Presidência da República na internet

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira que enviou uma mensagem de felicitações a Raul Castro pelo dia nacional de Cuba como faz com todos os países com os quais Portugal mantém relações.

Questionado sobre a notícia de que felicitou o Presidente Raul Castro pelo 58.º aniversário da Revolução Cubana, assinalado no dia 1 de janeiro, respondeu: "Sim, porque é o dia de Cuba, e eu faço [o mesmo] a todos os quase 200 países com os quais mantemos relações. No dia do país, envio-lhes uma saudação, como eles nos enviam. Mas todos os presidentes fizeram isso".

O chefe de Estado – que falava no final de uma visita a uma igreja presbiteriana, em Lisboa – relativizou assim esse gesto, e justificou a não divulgação dessa mensagem na página da Presidência da República na internet com a quantidade de mensagens desse tipo que assina.

"Eu devo dizer que assino mensagens praticamente dia sim, dia não para chefes de Estado dos quase 200 países com os quais temos relações e que têm o dia nacional, e recebo mensagens desses chefes de Estado. E não são publicadas no site da Presidência, se não o site teria mensagens todos os dias, para lá e para cá, de dias nacionais", declarou.

A notícia de que Marcelo Rebelo de Sousa felicitou Raul Castro pelo 58.º aniversário da Revolução Cubana foi avançada pelo jornal Público, que citou uma nota divulgada no site oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros de Cuba.

Segundo essa nota, "o Presidente de Portugal Marcelo Rebelo de Sousa enviou uma mensagem de felicitação ao presidente dos conselhos de Estado e de Ministros, Raul Castro, por ocasião do aniversário 58 do triunfo da revolução".

Na mesma nota, lê-se que o Presidente português "enviou felicitações aos cubanos em nome do povo português, evocando os laços de amizade e cooperação que unem ambos os países" e manifestando a sua disposição para "aprofundar relações bilaterais entre Cuba e Portugal".

Nessa nota, é recordada a visita oficial que Marcelo Rebelo de Sousa realizou a Cuba entre os dias 25 e 27 de Outubro, durante a qual teve encontros com o Presidente Raul Castro e com o líder histórico cubano Fidel Castro – que morreria um mês depois, em 25 de novembro, em Havana.