Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Pessoal de voo pede mais vigilância após morte de tripulante da TAP

Um tripulante da TAP, de 27 anos, morreu no dia de Natal, vítima de malária. Pedro Ramalho tinha viajado em trabalho para S. Tomé e Príncipe no início do mês, onde terá sido contaminado. O sindicato do pessoal de voo pede medidas de vigilância mais apertadas

Sic Notícias (vídeo)