Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

“Não significa que concorde com tudo politica e juridicamente”

Marcos Borga

Marcelo promulgou Orçamento para 2017 mas sinalizou reservas. Presidente diz, no entanto, que a estabilidade é vital.

O facto de ter promulgado o Orçamento "de imediato, não significa que concorde com tudo politicamente e juridicamente", afirmou o Presidente, sem especificar que dúvidas políticas e jurídicas o documento lhe suscita.

Mais do que com as contas públicas, Marcelo Rebelo de Sousa mostrou-se, mais uma vez, preocupado com o sistema bancário e a economia. Os desafios que lançou ao promulgar o OE vão nesse sentido.

O PR elencou os "quatro desafios sérios" com que vê o país e o Governo confrontados. A saber: mais exportações, mais investimento, melhor utilização dos fundos europeus e mais crescimento.

"Para ganharmos sustentabilidade" num mundo marcado "pela imprevisibilidade", avisou Marcelo, é preciso somar à eatabilidade política e social um mais robusto e consistente crescimento económico.