Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Governo anuncia esta semana novo líder da Caixa

Marcos Borga

Primeiro-ministro lamenta saída de António Domingues da presidência da administração da Caixa Geral de Depósitos frisando que é essencial que a CGD “tenha rapidamente” uma nova equipa de gestão

António Costa lamentou esta segunda-feira a demissão de António Domingues e de mais seis administradores da Caixa Geral de Depósitos (CGD), adiantando que será anunciado um novo líder para o banco até sexta-feira.

“Num regime democrático todos nós temos que respeitar a legislação aprovada pela Assembleia da República, mesmo quando não concordamos com ela. Agora o que é essencial é que a Caixa tenha rapidamente uma administração. Esta semana apresentaremos o nome de quem poderá liderar a equipa”, declarou o primeiro-ministro, à margem de uma visita à PSA em Mangualde.

Lembrou, contudo, que atualmente este processo é mais demorado, dependendo não só da designação do Governo, “mas da aprovação do Mecanismo Europeu de Supervisão”.

Costa sublinhou ainda que o plano de recapitalização da Caixa já foi aprovado por Bruxelas e que o objetivo continuará a ser garantir a sustentabilidade de um banco 100% público. “O plano está aprovado, de forma a que a Caixa esteja em boas condições para ser um pilar forte da economia portuguesa”, reforçou.

Questionado sobre se a imagem da Caixa não será afetada face às recentes demissões, o chefe do Governo respondeu perentoriamente que não. “A CGD tem muitos anos, já teve muitas administrações, não é uma administração que não se fixou que vai alterar a imagem da Caixa junto dos portugueses.”