Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

PSD faz showcase de “propostas estruturantes”

TIAGO PETINGA/LUSA

Esta quarta-feira de manhã, os sociais-democratas apresentam num colóquio no Parlamento as suas ideias sobre descentralização, economia e Segurança Social

Filipe Santos Costa

Filipe Santos Costa

Jornalista da secção Política

Pedro Passos Coelho tinha avisado que o PSD não entraria em negociações de "mercearia" no debate sobre o Orçamento do Estado para 2017 e que só iria a jogo com propostas de alteração de natureza "estruturante". São essas "propostas estruturantes" que o PSD se propõe apresentar e debater esta quarta-feira de manhã, num colóquio na Assembleia da República.

Os deputados sociais-democratas foram surpreendidos na segunda-feira à noite com uma "convocatória urgente" do líder parlamentar, Luís Montenegro, para estarem presentes na quarta-feira numa "reunião aberta do grupo parlamentar" – ou seja, com a presença da comunicação social e "difundida em direto pelos canais do PSD". Depois de um processo de preparação de propostas de alteração ao OE no qual o grupo parlamentar nunca participou –o trabalho ficou confinado à direção do partido e do grupo parlamentar – os deputados vão finalmente conhecer essas propostas ao mesmo tempo que o país. "Somos os figurantes que vão lá bater palmas", desabafava esta manhã um deputado social-democrata.

Nesta espécie de showcase das "propostas estruturantes" do PSD, Luís Montenegro é o primeiro a ocupar o palco e Pedro Passos Coelho será o último. Pelo meio, três especialistas convidados vão falar das grandes áreas destacadas pelo partido: Miguel Poiares Maduro, ex-ministro com a tutela do Desenvolvimento Regional vai falar de descentralização e poder local; Pedro Reis, ex-presidente da AICEP e atual presidente do Instituto Sá Carneiro, vai apresentar as propostas sobre economia e investimento; Paulo Ferreira, ex-diretor nacional do Instituto de Segurança Social, vai falar das ideias dos sociais-democratas para a reforma da Previdência.