Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

PSD diz que Governo “está a esconder” o assunto da Caixa

As perguntas são muitas, mas continuam sem resposta. “Comprometeu-se o Governo com a administração da Caixa? Há acordo escrito?” Mário Centeno está a ser ouvido a propósito do Orçamento do Estado para 2017 e recusa-se a responder a questões fora do âmbito orçamental

PSD e CDS reforçaram as perguntas ao ministro das Finanças sobre a administração da Caixa Geral de Depósitos. "Com o que é que se comprometeu com a administração da Caixa?", questionou o deputado do PSD Duarte Pacheco. Até agora, Mário Centeno, que está a ser ouvido esta sexta-feira no Parlamento no âmbito da discussão na especialidade do Orçamento do Estado para 2017, não respondeu. "O Governo está a esconder o assunto da Caixa", concluiu o deputado.

Duarte Pacheco acrescentou ainda que "pelos vistos, até se comprometeu por escrito", dando condições "que não tinha condições dar". O deputado disse ainda que Mário Centeno está a fazer uma "gestão desastrosa" do assunto. "Quando termina com esta pouca vergonha? A transparência sempre esteve presente nos atos públicos dos gestores."

O ministro, que está a ser ouvido no âmbito do OE, diz não responder a perguntas fora do âmbito orçamental. "É o tempo do Tribunal Constitucional e das outras instituições funcionarem. Não contribuirei para para nenhum ruído que queiram lançar sobre esta matéria. O ruído que querem lançar tem outros objetivos que não a transparência", afirmou o ministro.

Também a deputada do CDS, Cecília Meireles, questionou Mário Centeno. "O senhor ministro ou algum membro do Governo prometeu de facto salários e a não apresentação da delcaração de de rendimentos? E isso foi ou não escrito?"

"O senhor ministro anda a brincar à Caixa", criticou a deputada Inês Domingues, do PSD. "O que negociou com a Caixa e com os seus administradores? Existe acordo escrito? Qual o conteúdo desse acordo?"

Em causa na discussão está o polémico impasse com a administração da Caixa Geral de Depósitos sobre a possibilidade ou não de as declarações de rendimentos dos gestores ficarem sobre sigilo e os seus salários terem ou não um teto máximo.

[notícia atualizada às 14h09]