Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

CDS questiona Costa sobre acordo com gestores da Caixa

Inconformada com o silêncio de Mário Centeno, hoje, numa altura em que se agudizam as suspeitas de que o Governo acordou com os gestores da CGD que eles não teriam de apresentar as declarações de rendimentos, a direção do CDS enviou a pergunta, por escrito, ao primeiro-ministro

Cristina Figueiredo

Cristina Figueiredo

Jornalista da secção Política

A direção do CDS quer um esclarecimento cabal por parte do primeiro-ministro: houve ou não, escrito ou não, um acordo do Governo com os administradores da Caixa Geral de Depósitos eximindo-os de apresentarem as suas declarações de rendimentos e patrimónios. A pergunta seguiu hoje para São Bento.

Horas depois do ministro das Finanças, Mário Centeno, confrontado com a pergunta na comissão parlamentar de Orçamento e Finanças - onde fora discutir o Orçamento do Estado -, se ter negado a responder, a direção do CDS decidiu avançar com uma pergunta escrita a António Costa.

"Confirma a existência de um acordo, escrito ou verbal, nomeadamente através de confirmação por e-mail, com o presidente (na altura designado) da CGD em relação à não entrega das declarações de rendimentos?". Assinam o requerimento a líder do CDS, Assunção Cristas, o líder parlamentar, Nuno Magalhães, e o deputado João Almeida.