Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Mariano Rajoy recebe António Costa em Madrid

ERIC VIDAL / REUTERS

No encontro da próxima segunda-feira - o primeiro de Rajoy com um dirigente estrangeiro desde que tomou posse - serão analisadas “questões bilaterais” e será passada em revista a agenda da próxima cimeira europeia que se realiza em Bruxelas, em dezembro

O primeiro-ministro português, António Costa, reúne-se na segunda-feira em Madrid com o presidente do Governo espanhol, naquele que será o primeiro encontro do conservador Mariano Rajoy com um dirigente estrangeiro desde que tomou posse na semana passada.

No encontro serão abordadas "questões bilaterais" e será passada em revista a agenda da próxima cimeira europeia que se realiza em Bruxelas a 15 e 16 de dezembro próximo, revelou esta sexta-feira o porta-voz do Governo espanhol, Inigo Mendez de Vigo, no encontro com a imprensa depois da reunião do conselho de ministros espanhol.

"Trata-se da primeira visita oficial de um chefe de Governo a Espanha", referiu Mendez de Vigo.

O encontro começa às 13h30 (12h30 de Lisboa) com um almoço de trabalho no Palácio da Moncloa, residência oficial do chefe do executivo Espanhol, estando prevista uma conferência de imprensa conjunta para as 15h30 (14h30).

António Costa tomou posse em 26 de novembro de 2015 e menos de um mês depois, na sequência das eleições de 20 de dezembro, Mariano Rajoy passou a liderar um executivo de gestão, com poderes limitados e reduzindo ao mínimo os contactos internacionais.

O líder do Partido Popular (direita) tomou posse em 31 de outubro último e formou o atual Governo minoritário há precisamente uma semana, a 4 de novembro, depois de 10 meses de instabilidade política que levou à realização de umas segundas eleições em 26 de junho.

Trata-se da primeira visita oficial de António Costa a Madrid, mas os dois têm-se visto nas cimeiras da União Europeia e a 30 de setembro último estiveram juntos na inauguração, no Porto, de uma exposição do pintor catalão Juan Miró seguido de um jantar privado a seguir a essa cerimónia.

Espanha e Portugal têm pendente a marcação da próxima cimeira entre os dois países, um encontro que realizam anualmente desde 1983 e que este ano ainda não se realizou devido à instabilidade política espanhola.

A última reunião bilateral realizou-se em 2015, em Baiona, cidade da Comunidade Autónoma da Galiza, e a próxima deverá realizar-se em Portugal, mas será difícil que tenha lugar até ao fim do ano, segundo fontes diplomáticas em Madrid.

Depois do encontro de Madrid, Costa e Rajoy viajam separadamente para Marraquexe (Marrocos) para participar na conferência sobre o clima na Cimeira COP22, na sequência da entrada em vigor do Acordo de Paris.

Quando regressar de Marraquexe, o presidente do Governo espanhol irá receber na quarta-feira de manhã o novo secretário-geral eleito das Nações Unidas, o português António Guterres que irá ocupar esse lugar a partir de 1 de janeiro próximo.

O ex-primeiro-ministro português irá receber no mesmo dia o título de doutor Honoris Causa da Universidade Europeia de Madrid pela forma como liderou o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados.