Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Ministro da Educação nega conhecimento de falsas licenciaturas

Tiago Brandão Rodrigues, ministro da Educação

Alberto Frias

O gabinete de Tiago Brandão Rodrigues diz que não tinha conhecimento da “incorreção” no despacho de nomeação do chefe de gabinete do secretário de Estado da Juventude e do Desporto

O ministro da Educação negou, esta sexta-feira, ter conhecimento das duas falsas licenciaturas declaradas pelo chefe de gabinete do secretário de Estado da Juventude e do Desporto, Nuno Félix. Em comunicado, Tiago Brandão Rodrigues diz que só “teve agora conhecimento” da “incorreção detetada”.

“A referida incorreção relativa ao percurso académico de Nuno Félix só agora chega ao conhecimento do Ministro da Educação, num momento em que a mesma já estava conforme. De facto, o despacho de nomeação assinado pelo atual secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, refere “a frequência” de duas licenciaturas”, lê-se no comunicado enviado às redações.

Esta sexta-feira, na sequência da notícia avançada pelo “Observador”, que dava conta que Nuno Félix tinha declarado duas falsas licenciaturas (em Ciências da Comunicação na Universidade Nova de Lisboa e em Direito na Universidade Autónoma de Lisboa), o chefe de gabinete do secretário de Estado da Juventude e do Desporto demitiu-se.