Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

A imagem do inédito encontro entre Marcelo e Fidel

O Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa foi um dos últimos Chefes de Estado que Fidel de Castro recebeu na sua residência

Granma

De acordo com o “Granma” – jornal oficial do Comité Central do Partido Comunista de Cuba – tratou-se de um “encontro amigável” entre Presidente da República e o histórico líder cubano

Num dia histórico, Marcelo Rebelo de Sousa reuniu-se esta quarta-feira com Fidel Castro em Havana. O antigo líder cubano recebeu o chefe de Estado português, naquela que é a primeira visita oficial de um Presidente da República luso a Cuba.

De acordo com o “Granma” – jornal oficial do Comité Central do Partido Comunista de Cuba – tratou-se de um “encontro amigável” entre os dois políticos, onde foram abordados diversos assuntos internacionais, nomeadamente as relações bilaterais entre os dois países.

Marcelo voltou a reiterar a oposição de Portugal ao embargo norte-americano a Cuba, após uma votação efetuada esta quarta-feira na sede da ONU que contou pela primeira vez com a abstenção dos Estados Unidos. “É um dia histórico, para nós, também. É um dia histórico”, declarou o Presidente da República.

Por seu turno, Fidel Castro teve oportunidade para agradecer a posição de Portugal relativamente a Cuba, depois de o seu irmão e atual Presidente cubano Raul Castro ter recebido também Marcelo.

  • Marcelo, Obama e Fidel: “Um dia histórico”

    O TPC diplomático foi bem feito, mas o Presidente da República também tem sorte. Chegou a Havana no dia em que a América de Obama mudou de posição sobre Cuba. Ainda esteve com Fidel Castro. Maravilhado, cantou “Guantanamera”