Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Votação nos Açores decorre com “tranquilidade absoluta”

  • 333

Cidadãos a votarem em Arrifes, na ilha de São Miguel

MÁRIO CRUZ / LUSA

Até às 11 horas locais (mais uma em Lisboa), tinham votado 7,47% dos eleitores inscritos nos Açores, menos do que aqueles que à mesma hora tinham votado há quatro anos

As eleições legislativas regionais dos Açores decorrem este domingo com "tranquilidade absoluta" e sem queixas ou incidentes, disse à agência Lusa o delegado da Comissão Nacional de Eleições (CNE) no arquipélago.

Segundo José Vicente, "o ato eleitoral está a decorrer com tranquilidade absoluta", não havendo registo de queixas nem incidentes.

O delegado da Comissão Nacional de Eleições adiantou que os contactos feitos esta manhã para a CNE visaram saber a forma de aceder às projeções da abstenção e aos resultados eleitorais, situação que partiu de partidos políticos e de órgãos de comunicação social.

Às 11 horas locais, mais uma hora em Lisboa, cerca de 7,47% dos eleitores inscritos para as eleições legislativas regionais dos Açores tinha votado, segundo dados da Direção Regional de Organização e Administração Pública (DROAP).

No universo de 228.160 eleitores recenseados, votaram cerca de 17 mil pessoas, de acordo com a informação que a DROAP conseguiu recolher àquela hora.

Segundo esta direção regional, há quatro anos, até à mesma hora, 10,34% dos eleitores tinham exercido o direito de voto nas legislativas regionais.

Os eleitores vão hoje escolher os 57 deputados à Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores para os próximos quatro anos.

De acordo com os resultados das eleições, o Representante da República nomeia depois o presidente do Governo Regional que, por sua vez, propõe os membros do executivo.