Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Projeção dava quase 55% dos votos ao PS

  • 333

foto rui soares

Taxa de abstenção pode ser a mais alta de sempre. Há quatro anos, PS ganhou com 48,98% dos votos

Uma projeção da RTP/Antena 1 sobre as eleições regionais dos Açores apontava para um refoço da maioria absoluta. Vasco Cordeiro podia vir a ter entre 50 a 55% dos votos, o que não veio a concretizar-se. Com este resultado, os socialistas conseguiriam entre 31 a 35 deputados, numa Assembleia Legislativa que tem 57 assentos.

O PSD deveria conseguir entre 27 a 31% e o CDS 5 a 7%. De acordo com a mesma projeção, o Bloco de Esquerda conseguiria entre 2 a 4%. Já a CDU e o PAN poderiam obter entre 1% a 3% das intenções de voto. A confirmarem-se estes resultados, o PAN poderia eleger pela primeira vez um deputado na Assembleia Legislativa dos Açores. O PPM que tem atualmente um deputado pode vir a perdê-lo.

A abstenção deverá situar-se entre os 57 e 62% o que, a confirmar-se, representa a mais alta taxa de abstenção de sempre nas eleições regionais açorianas.

As urnas para as eleições legislativas regionais dos Açores encerraram hoje, às 19:00 locais (mais uma hora em Lisboa).

Um total de 228.160 eleitores, mais 3.033 do que no sufrágio de 2012, estavam inscritos para escolher os 57 deputados da Assembleia Legislativa Regional.

Concorreram às eleições 13 forças políticas: PSD, PSD, CDS-PP, BE, CDU, PPM, Livre, PAN, PCTP/MRPP, PURP, MAS, MPT e PDR.

Nas eleições de 2012, o PS obteve 48,98% dos votos, enquanto o PSD alcançou 32,98%. O CDS teve 5,67%, o BE 2,26% e o PCP 1,89%.