Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

“Este Governo vai tirar a muitos para dar a alguns”

  • 333

Marcos Borga

Maria Luís Albuquerque diz que o Orçamento do Governo “assenta muitíssimo no aumento de impostos generalizado e vai reforçar a injustiça social e as desigualdades”

Helena Bento

Jornalista

Questionada a respeito da proposta de Orçamento do Estado para 2017, apresentada pelo Governo na sexta-feira, a vice-presidente do PSD, Maria Luís Albuquerque, afirmou que o documento “assenta muitíssimo no aumento de impostos generalizado” e que “vai conduzir a um agravamento da injustiça social”.

A ex-ministra das Finanças criticou também o aumento das pensões previsto no documento, por, na sua opinião, “deixar de fora as pensões mais baixas”, e o aumento dos impostos indiretos, “que incidirá sobre todos da mesma forma e reforçará a injustiça social e as desigualdades”. Para a ex-ministra, o executivo socialista de António Costa vai “tirar a muitos”, “para dar relativamente pouco a alguns”.

“Este Orçamento, demasiado focado no curto prazo, passa uma mensagem errada para quem quer poupar ou investir, e revela, no essencial, que não há uma estratégia de futuro para o país”, afirmou Maria Luís Albuquerque. “O Governo desistiu de fazer crescer a economia, como garantiu que iria fazer”, disse, acrescentando que “as condições em que Portugal se encontra resultam diretamente das opções que este Governo foi fazendo. Até durante o mandato de Pedro Passos Coelho como primeiro-ministro “o crescimento era muito superior àquele que se prevê para 2016 e até para 2017”, disse ainda.