Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Táxis: Governo quer tarifas especiais nos aeroportos

  • 333

O ministro do Ambiente diz estar “interessado” em que esse plano avance. Garantir que “uma boa parte” dos táxis são elétricos e assegurar tarifas específicas junto dos aeroportos e dos portos de Leixões e de Lisboa fazem parte desse pacote de modernização do sector

O ministro do Ambiente confirmou esta quarta-feira que o plano de modernização do sector do táxi "continua vivo". "Estamos interessadíssimos em que este plano avance", afirmou o ministro Matos Fernandes, durante a audição na comissão parlamentar de Economia, Inovação e Obras Públicas, na Assembleia da República, à qual foi chamado por requerimento do PCP para falar sobre os problemas nos transportes coletivos.

Confrontado com perguntas dos deputados dos PSD sobre o sector do táxi e as plataformas de transporte de passageiros, Matos Fernandes acusou o anterior Governo de ter tido "uma postura nem-nem". "Podíamos manter essa postura ou propormo-nos a resolver o problema. E foi esta a opção que fizemos, de forma mais do que estruturada. Confrontámo-nos com o problema, nomeámos um grupo, que concluiu o seu trabalho, passou para o Governo a responsabilidade de fazer uma proposta legislativa e fizemo-la."

"Que fique claro: os táxis são uma peça fundamental na mobilidade urbana", concluiu. Quanto ao pacote de modernização, o que está em causa? "Garantir que uma boa parte dos táxis são elétricos e instalar um conjunto de postos de eletricidade nas praças. E garantir que podemos ter nos aeroportos e no porto de Leixões e de Lisboa, onde chegam os cruzeiros, regimes tarifários específicos que facilitem a relação entre o taxista e os clientes."