Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Guterres faz declaração pública às 17h no Ministério dos Negócios Estrangeiros

  • 333

LOUISA GOULIAMAKI / AFP / Getty Images

Candidato português a secretário-geral da ONU fala hoje sobre a sua indicação

Luísa Meireles

Luísa Meireles

Redatora Principal

António Guterres, desde esta quarta-feira mais do que provável sucessor de Ban Ki-Moon à frente das Nações Unidas, fará esta tarde uma declaração oficial sobre a sua indicação para o cargo, confirmou o Expresso junto de fonte oficial.

A declaração, nas instalações do Ministério dos Negócios Estrangeiros, terá lugar às 17h, depois da reunião do Conselho de Segurança da ONU em que António Guterres deverá ser indicado formalmente para este organismo.

Esta quarta-feira, em conferência de imprensa perante todos os membros do Conselho de Segurança, o presidente em exercício, o embaixador russo Vitaly Churkin, afirmou que "depois da sexta votação temos um candidato favorito e o seu nome é António Guterres" e indicou que a votação formal seria feita esta tarde.

A embaixadora americana corroborou as palavras do seu coelga russo, afirmando no Twitter que os membros do Conselho "uniram-se em torno da escolha do próximo secretário geral, António Guterres". Aos jornalistas, Samantha Power afirmou depois que "as pessoas queriam unir-se em volta de uma pessoa que impressionou ao longo de todo o processo e impressionou a vários níveis de serviço".