Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Cresap continua a funcionar com “normalidade” sob a liderança de Margarida Proença

  • 333

João Bilhim está de saída da Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública, por ter completado 70 anos, mas antes nomeou uma dos três vogais permanentes para assumir o cargo. A alteração na liderança poderá ser apenas transitória

A Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública (Cresap) “continuará a funcionar com toda a normalidade”, apesar da saída do presidente, João Bilhim, marcada para 12 de outubro. A garantia foi dada, esta terça-feira, pelo Ministério das Finanças, citado pelo “Público”.

Bilhim abandona o cargo por completar 70 anos, idade em que, segundo a lei, o vínculo de emprego público caduca. Nos estatutos da Cresap, está previsto que o presidente deve “nos termos regimentais, identificar o vogal permanente que o substitui nas suas faltas, impedimentos e nas situações de vacatura do cargo”. Assim, será Margarida Proença a substituí-lo.

No entanto, a mudança pode ser apenas temporária, pois cabe ao Executivo nomear oficialmente um substituto de João Bilhim.