Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

A “utopiazinha” de Marcelo: Pôr a esquerda a falar com a direita

  • 333

CARLOS BARROSO

O Presidente da República tem a sensação que existe um grande desconhecimento entre o que os partidos sabem uns dos outros e que isso acontece por falta de diálogo

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, confessou este domingo ter a “utopiazinha” de pôr a esquerda e a direita a falar e criticou a falta de diálogo e o desconhecimento entre os vários quadrantes da vida nacional.

“Uma utopiazinha pequenina era, na altura em que eu tomei posse [como Presidente da República], eu dizer que era possível distender a sociedade portuguesa e pôr a falar a direita com a esquerda, as várias direitas entre si, as várias esquerdas entre si e as várias esquerdas com as várias direitas”, afirmou em Óbidos, na segunda visita ao Folio, o Festival Literário Internacional.

“É uma utopiazinha, mas acho que é uma boa utopia”, acrescentou o Presidente, sublinhando a importância de “as pessoas falarem mais”, para se conhecerem, porque “se não se falarem nem sequer se conhecem”.

A sensação do Presidente da República é que “se perguntasse o que pensa que vai na cabeça daquele ou daquela responsável” a probabilidade de “não acertarem uns em relação aos outros, provavelmente é muito elevada, por falta de diálogo e falta de conhecimento, independentemente de concordância ou discordância”.