Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Conselho de Estado ao lado de Guterres, o “maratonista natural”

  • 333

Tiago Petinga/LUSA

António Guterres vai estar esta quinta-feira na reunião em Belém. Convocada para discutir a situação política, económica e financeira internacional, a reunião do Conselho de Estado dificilmente passará ao lado da candidatura portuguesa à ONU

António Guterres, o "maratonista natural" como lhe chamou o Presidente da República, vai estar presente esta quinta-feira na reunião do Conselho de Estado. Convocados para debaterem a "situação política, económica e financeira internacional e seus reflexos em Portugal num quadro de curto, médio e longo prazo", dificilmente os conselheiros passarão ao lado da candidatura de Guterres a secretário geral da ONU.

Esta quarta-feira, Marcelo Rebelo de Sousa foi enfático na reação crítica à candidatura de última hora da búlgara Kristalina Georgieva. "Tive aquela sensação de estar a ser corrida uma maratona e de repente aparecer um concorrente que entra nos últimos 100 metros para tentar ganhar", afirmou o Presidente, lembrando que "há quem tenha corrido a maratona toda, nas audições, nos votos consecutivos".

Referindo-se a Guterres, Marcelo confessou que "dá uma sensação muito desconfortável ver entrar de repente alguém a 100 metros da meta para competir com quem anda a correr há muito tempo". E, numa indireta à forma como são permitidas surpresas de última hora nesta corrida internacional, o PR salientou que a candidatura do ex-primeiro-ministro português foi apresentada "no devido tempo e de forma transparente".

A situação económica e financeira internacional deverá, no entanto, dominar o debate no Conselho de Estado. Em vésperas da apresentação pelo Governo de mais um Orçamento de Estado, os conselheiros deverão deixar avisos, nomeadamente no que toca à urgência de não só não se retrair como de atrair investimento, por forma a ajudar o país a crescer.